IMG-20160102-WA0109

O aumento na alíquota do ICMS de 25% para 27% instituído pelo governador Marcelo Miranda (PMDB) e aprovado pela maioria dos deputados estaduais em setembro do ano passado, que inclui a gasolina e entrou em vigor desde o dia 1ª de janeiro no Estado, provocou imediato reajuste nos postos de combustíveis de Araguatins, que repassaram direto ao bolso do consumidor. Os aumentos foram bem acima dos 2% da variação do ICMS.

Em alguns estabelecimentos os proprietários reajustaram em 5%, colocando o patamar do preço a R$ 4,20 por litro, deixando Araguatins no ranking do combustível mais caro do Bico do Papagaio. Outro posto de combustível que apesar de praticar preços menores, reajustou de forma mais significativa a gasolina, saltando de R$ 3,60 para R$ 3,95, que representa majoração de 9,72%.

Nesta segunda-feira, 4, o menor preço praticado no município é de R$ 3,60, mas consumidores reclamam que falta o produto no local.

No geral, o preço médio da gasolina nos postos de Araguatins está na casa dos R$ 3,90.

Este foi o terceiro aumento de combustível em menos de um ano. Até janeiro de 2015, a gasolina em Araguatins variava de R$ 3,10 a R$ 3,25, quando foi reajustada passando a oscilar de R$ 3,44 até R$ 3,55. Em outubro de 2015 um novo reajuste elevou os preços nas bombas de gasolina com variações de R$ 3,60 à R$ 4,00. Esta nova remarcação de preços veio menos de 2 meses depois.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.