A Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) divulgou nesta segunda-feira, 18, um novo balanço de casos de recém-nascidos com microcefalia no Estado desde o ano passado. O número passou de 75 para 67 em investigação para possível relação com o zika vírus.

Segundo a Sesau, o número é inferior ao relatado na semana passada porque alguns casos foram reavaliados para verificação dos critérios definidos como casos em investigação, conforme protocolo do Ministério da Saúde, e descartados do monitoramento. Ou seja, são de microcefalia, no entanto, não teriam relação com infecção viral da mulher durante a gravidez.

No Bico do Papagaio, haviam casos registrados em Ananás, Xambioá, Angico, Darcinópolis e Tocantinópolis. O novo boletim da Sesau aponta um novo caso, agora registrado em Augustinópolis.

Os casos de gestantes atingidas no restante do estado são nos municípios de Almas, Aragominas, Araguaína, Babaçulândia, Brejinho de Nazaré, Campos Lindos, Centenário, Chapada da Natividade, Colinas do Tocantins, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Formoso do Araguaia, Goiatins, Lagoa do Tocantins, Miranorte, Monte do Carmo, Natividade, Nova Olinda, Novo Acordo, Palmas, Pedro Afonso, Pequizeiro, Porto Nacional, Rio Sono, Santa Tereza do Tocantins, Taguatinga, Tocantínia e Wanderlândia. (Com informações do Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.