comustivel_carro

Os consumidores estão reclamando do aumento de preços do combustível nos postos de Imperatriz. Como é o caso do comerciante Jurimar Teixeira que afirma por conta da alta do combustível decidiu parar de trafegar com o seu veículo e começou a utilizar a motocicleta. “Hoje em dia o cara tem que deixar o carro na garagem e andar de moto porque e mesmo assim está difícil andar de moto”, revela.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o litro da gasolina custava até o mês passado, em média, R$ 3, 70 no município. Atualmente, o valor da gasolina já ultrapassa os R$ 3,80.

Para o vigilante Christiano Nascimento a variação no preço do combustível está muito alta. “Está fora do comum o preço. Está alto demais. Eu estou andando de bicicleta agora para ir para o serviço e deixando a minha moto em casa para economizar porque está difícil”, reclama.

O empresário Ivan Soares gasta, em média, R$ 500,00, por mês, com a gasolina para o carro e falta coragem para calcular o reajuste do custo. Segundo ele, com os constantes aumentos fica difícil até pagar outras contas. “Com certeza atrapalha porque o consumo hoje do brasileiro é muito alto e com o valor muito alto da gasolina cabe interferir”, finaliza.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.