Nezinho com as crianças no colo
Nezinho com as crianças no colo

O ex-senador Manoel Alencar Neto, de 67 anos, acusado de abusar sexualmente de duas meninas de seis e oito anos, continua preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), conforme informação da Secretaria Estadual de Defesa e Proteção Social (Sedeps). Ele foi preso no último sábado, durante a Operação Confiar da Polícia Federal (PF).

Neto, conhecido como Nezinho, teria cometido o crime em de Guaraí, a 173 km de Palmas. Segundo informações apuradas no último sábado, as menores eram filhas de funcionários de uma fazenda do político. O pai das meninas, que não teve o nome divulgado, ao desconfiar do abuso há aproximadamente três meses, gravou um vídeo para provar a ação e denunciou o ex-senador à PF.

A esposa do político, que não teve o nome divulgado, também foi detida. De acordo com informações, a denúncia sobre ela foi a por intimidar e subornar a família das vítimas, após descobrir a existência do vídeo que incrimina o marido. A investigação corre em sigilo. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.