Famílias que vivem ilegalmente na reserva indígena Apiteréua, em São Félix do Xingu, no sudeste do Pará, foram notificadas pela justiça para desocupar a região nesta quinta-feira (14). Homens do exército e da força nacional acompanham o trabalho de notificação, que segue pacífico.

As famílias tem trinta dias para deixar o local. Segundo a funai, parte dos moradores será indenizada e transferida para uma fazenda na mesma região. A justiça determinou a reintegração de posse em favor dos índios Parakanã, os habitantes tradicionais da reserva de mais de 700 mil hectares. (G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.