O prefeito de Itaguatins, Régis Melo (PSD), após reunião com secretariado, decidiu pela não realização do carnaval 2016 no município. A medida visa equilibrar as contas da Prefeitura e atender a recomendação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que já no mês de janeiro alerta para queda do FPM em menos de 20%.  A CNM ainda recomendou prudência aos gestores municipais de todo o Brasil, visto que a prioridade dos gestores devem ser áreas como Saúde, Educação, Infraestrutura, servidores e fornecedores.

Itaguatins segue o exemplo de diversos estados e cidades que optaram em não promover a festa, em detrimento do comprometimento das contas. Diversas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Rondônia, além de cidades do Bico do Papagaio resolveram tomar a mesma medida.

“Tenho que zelar pelo nosso principal atrativo turístico, nosso principal produto que emprega dezenas de famílias que são as duas praias, a do Tio Claro e Remanso dos Botos, com uma temporada de dura cerca de seis meses, não poso comprometer isso em detrimento do Carnaval que dura apenas 4 dias. Por tudo isto e a responsabilidade que o cargo requer, visto que houve aumento dos salários mínimo e o piso do magistério gerando um impacto sobre a folha de pagamento e não sendo acompanhado pelos repasses do Governo Federal”, disse o Régis Melo, que continuou, “Há uma preocupação por parte dos municípios sobre a crise que o país se encontra e dizer que com trabalho, respeito e zelo pelo bem público é que as conquistas virão com uma cidade voltada para o bem comum, de olho no presente e plantando ações para o futuro”, finalizou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.