1453631426-532190631

O show do cantor sertanejo Israel Novaes, que aconteceria na noite desse sábado (23), em uma boate da cidade, acabou virando caso de polícia. Com um grande atraso, o evento foi embargado pela Polícia Militar após ultrapassar o período da Lei do Silêncio, com tolerância até às 2h da manhã.

Com a casa lotada, às 2h da manhã, horário determinado pela Justiça para terminar, a apresentação não havia nem começado. Além disso, foram flagrados alguns menores consumido bebida alcoólica, que foram conduzidos para a delegacia juntamente com a proprietária.

“O pessoal do comissariado pegou menores ingerindo bebida alcoólica, todos sabem que é proibido. Com isso, foi lavrado um auto de infração em flagrante, o qual conduziu a proprietária para a delegacia, juntamente com os menores”, explicou o tenente Santos.

Sobre a não realização do show, o tenente atribui a má organização. “Os organizadores queriam começar o show depois das 2h, sendo que 2h é o horário limite para terminar, e esse horário, não tinha nem começado. A licença é até às 2h da manhã, que a Justiça determina para todas as casas de shows”, afirmou.

De acordo com informações da produção de Israel Novaes, a apresentação do cantor estava prevista para começar às 1h30. Porém, nesse horário, nem sinal do artista que se encontrava desde cedo na cidade. Às 3h da manhã, o público estava a ver navios, e sem um posicionamento de que teria show ou não, o show, as pessoas presentes começaram a jogar latas no palco, promovendo uma grande quebra, quebra. A revolta foi tanta que nem os equipamentos da banda escaparam da ira dos fãs.

Pessoas da produção de Novaes, também, foram agredidas com latas e baldes em função da demora e cancelamento da apresentação. Para a estudante Helene Lavigne, o atraso foi um grande desrespeito com os fãs que compraram ingressos. “ Estou triste, queria muito ver o show, mas por conta da demora não foi possível”, lamentou lembrando que esta é a segunda vez que o sertanejo vem à cidade e não canta.

Três atrações locais, Thiago & Luan, Henrique & Jordão e Juliano Reis, que se apresentariam no pré-show, também, não subiram ao palco do Santa Fé. (iMirante)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.