Túlio Maravilha; prefeito de Cocalinho, Alair Ribeiro e Fraudneis em pré-jogo de futebol em município goiano na quarta-feira..

O prefeito em exercício Fraudneis Fiomare (PSB), fechou a semana bastante criticado na rodas políticas e empresariais, de Araguaína, após assumir o comando da Prefeitura, por Ronaldo Dimas ter tirado férias, legalmente permitidas, para se dedicar 30 dias a sua pré-campanha de governador.

As críticas já começaram no dia posterior a sua posse. Quando todos pensavam que o gestor aproveitaria a oportunidade para promover uma agenda de ações e atividades, ele usou uma plena quarta-feira, 10, para deixar a cidade de Araguaína “sem comando” e partiu para o município de Cocalinho, no estado de Goiás, nas proximidades do Distrito Federal, para participar de jogos futebolísticos ao lado do ex-jogador, Túlio Maravilha.

No restante da semana, Fraudneis não apresentou nenhum tipo de ação.

Aliados e oposição em Araguaína consideram que o prefeito em exercício, deveria aproveitar a oportunidade e fazer como a vice-governadora, Cláudia Lelis (PV) e a vice-prefeita Cíntia Ribeiro (PSDB), que na ausência dos titulares, Marcelo Miranda (MDB) e Carlos Amastha (PSB), ocupam ativamente a função.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.