IMG-20160204-WA0952

Na tarde desta quinta-feira, 4, uma audiência na sede da Secretaria de Estado da Saúde em Palmas, reuniu o deputado Rocha Miranda (PMDB), os vereadores Sérgio Gomes (SD), Jairo Ribeiro (PV), Darlan Pernambuco (PR), Leocy Mota (PMDB), Rômulo Ferreira (PSB) e Serginho do Chagas (PMDB), com o secretário Marcos Esner Musafir. O tema foi buscar uma alternativa definitiva para o funcionamento do Hospital de Araguatins em parceria com o estado.

Um projeto e relatório elaborado em parceria entre o deputado Rocha Miranda, Prefeitura e a Câmara Municipal, foi apresentado como proposta ao secretário e também encaminhada ao governador, Marcelo Miranda.

O projeto consiste essencialmente na divisão de atribuições entre Prefeitura e Estado. A Prefeitura entraria com a estrutura já presente e parte dos equipamentos. Por sua vez o estado colaboraria também com parte dos equipamentos e assumiria a responsabilidade das equipes médicas.

O vereador Sérgio Gomes, presidente da Câmara, explicou que o município de Araguatins já conta com uma ala nova pronta para funcionamento, restando apenas os equipamentos e que o município também deve reformar o prédio antigo onde funcionou o Hospital Regional nos últimos anos. “Nossa proposta foi clara ao governo, o município vai fazer a parte dele, mas precisamos da colaboração. Araguatins reformaria o prédio antigo e entraria com parte dos recursos para equipamentos, em contra partida eles completariam os equipamentos e ofereceriam as equipes médicas”, disse o parlamentar.

Jairo Ribeiro comentou que já existem duas emendas parlamentares, uma do deputado federal, Lazaro Botelho e outra de César Halum, especificamente para adquirir equipamentos. “Não tenho dúvidas que a opção que apresentamos ao secretário de Saúde é a melhor possível, município e estado assumindo a responsabilidade fica mais fácil para os dois lados”, afirmou Ribeiro.

IMG-20160204-WA0951

Darlan por sua vez falou à nossa equipe que no projeto apresentado ao secretário de Saúde, o estado forneceria as equipes médicas para atuarem nas áreas de ortopedia, pediatria e cardiologia. “São três áreas fundamentais e que precisamos com urgência. Apesar do secretário ainda não ter fechado o acordo, creio que tem grandes chances de dar certo essa parceria”, comentou o vereador.

Marcos Esner Musafir, que assumiu á poucos dias a pasta da Saúde, disse ao grupo que já recebeu orientação do governador, Marcelo Miranda, para buscar uma saída e resolver a situação, mas que precisa primeiro tomar conhecimento total da situação para tomar as medidas necessárias.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.