IMG_0017

O Agente de Polícia Civil, Luís Henrique Meirelis Hatem, lotado na 10ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Araguatins, participou na manhã da última quinta-feira, 18, da solenidade de formatura do 1º Curso de Força Tática, realizado naquela cidade. Luis Henrique foi o único policial civil a concluir o curso, que foi promovido pela 4ª Companhia Independente de Polícia Militar de Araguatins e recebeu seu certificado juntamente com mais 25 policiais militares dos Estados do Tocantins, Pará e Maranhão.

Durante 35 dias, o policial civil, juntamente com os colegas militares, foi submetido a um intenso treinamento coordenado pelo capitão Robson Santos Sousa, da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE). De acordo com o agente, o curso exigiu muito dos participantes e fez com que os mesmos dessem seu melhor para alcançar os objetivos propostos. “Não é fácil concluir um curso desses, fomos exigidos ao máximo, passamos por várias privações e a cada dia tínhamos uma nova batalha para vencer. A exigência física e psicológica foi muito grande”, ressaltou.

IMG_0055

Ainda segundo Luís Henrique, o curso foi de fundamental importância para sua formação profissional e pessoal, pois as novas técnicas e habilidades assimiladas serão repassadas aos demais companheiros da Polícia Civil, além de serem integralmente aplicadas para melhorar a qualidade e a eficiência de suas funções cotidianas.

 “Todos os ensinamentos que apreendi durante os 35 dias de curso serão aplicados em meu dia a dia, durante a execução das minhas atribuições de agente de polícia, o que vai me ajudar a melhorar a eficiência e a qualidade do trabalho que realizo em prol da sociedade tocantinense. Além disso, serei um multiplicador do novo conhecimento adquirido, junto aos meus colegas policiais civis, que tanto me apoiaram na minha caminhada”, pontuou.

IMG_0027

O policial civil também destacou a importância de representar a polícia civil, pois foi o único integrante da instituição a participar do curso de força tática. “O curso começou com a participação de 35 alunos, mas só 26 se formaram. Eu sabia que não poderia falhar, afinal estava representando a polícia civil, então me esforcei para honrar ainda mais a minha instituição e me sinto pronto para servir a sociedade tocantinense com mais eficiência”, disse.

A solenidade de conclusão do 1º curso de força tática foi presidida pelo Coronel Glauber de Oliveira Santos, comandante geral da PM – TO e contou com a participação de grande efetivo de policiais civis da 10ª Regional de Araguatins, bem como demais autoridades civis e militares do Tocantins e de outros Estados.

O curso

O curso teve início em 13 de janeiro de 2016, com carga horária de 280 h/aulas, sendo dividido em 17 disciplinas e foi encerrado no dia 18 de fevereiro do corrente ano. O objetivo principal foi habilitar policiais civis e militares para exercerem o patrulhamento tático operacional, bem como atuar com equilíbrio emocional e físico em operações policiais de grande complexidade.

Para o delegado regional Eduardo Morais Artiaga, titular da 10ª Regional de Polícia Civil, o curso realizado pelo Agente de Polícia Civil Luís Henrique é de extrema importância, uma vez que o conhecimento adquirido pelo policial será de grande valia para as futuras operações, que serão realizadas pela Polícia Civil, em todos os municípios que compõem e 10ª Regional.

“É com muita satisfação e alegria que parabenizo o policial civil Luís Henrique pela força de vontade que demonstrou ao vencer mais essa etapa em sua vida profissional. Tenho plena certeza que todo o esforço empreendido por ele, até concluir o curso, será recompensado com a prestação de um serviço policial  com ainda mais qualidade, a população do Bico do Papagaio”. O delegado também ressaltou que, o empenho e dedicação do policial civil servem de exemplo aos seus colegas.

“A iniciativa do policial Luís Henrique serve de exemplo e inspiração para que, futuramente outro policiais civis também possam participar de cursos dessa magnitude, a fim de se aperfeiçoar profissionalmente”, pontuou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.