qgon7g9

A prefeita Rúbia Amorim (PSD), em entrevista neste sábado ao portal G1, disse que o desabamento na Escola Municipal Luiz Gonzaga de Sousa, teria sido culpa da administração anterior e dos engenheiros. O incidente ocorreu nesta sexta-feira, 12.

A gestora confirmou que o prédio passou por uma reforma em sua administração, mas que uma outra obra feita pelo ex-prefeito Alvimar Cayres Almeida, o Mazin, não colocou ferro nas amarrações. “A estrutura foi feita há muito tempo e na administração passada foi construído um anexo, onde funciona uma sala de aula. Só que não colocaram ferro nas amarrações e não tem colunas e vigas”, disse.

Rúbia disse que na reforma feita por ela, trocou algumas janelas, colocou cerâmica nas salas e aplicou nova pintura. Ela disse ainda que a entrada da sala foi trocada de lugar e uma área construída, mas a estrutura não suportou. Pois os engenheiros não perceberam a falta de amarrações. “Chamamos o engenheiro do município para verificar o que aconteceu. Ele constatou o problema [falta das amarrações]. Quando fizemos a área, os engenheiros não tinham visto isso, que é uma coisa essencial”, afirmou a prefeita.

Para não terem o ano letivo comprometido, cerca de 300 alunos do ensino fundamental terão aula em salas do salão paroquial de uma igreja até que a sala seja reconstruída. “Nós vamos pegar o laudo e vamos documentar. Pedi que a obra seja reconstruída o mais rápido possível”, finalizou a gestora.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.