266199_1000

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 18, no auditório da Secretaria da Segurança Pública (SSP), com os titulares das Delegacias Regionais de Araguatins e Tocantinópolis, Eduardo Morais Artiaga e Tiago Daniel de Moraes, respectivamente, acompanhados de outros 11 delegados regionais, o secretário da segurança pública, em exercício, Abizair Paniago, convocou a todos para entrarem na luta contra os possíveis focos do mosquito aedes aegypti, nas dependências das unidades policiais de sua regional. Outros assuntos como adequação de plantões, déficit de delegados, agentes e escrivães e questões administrativas também foram propostas discutidas durante o encontro.

O Diretor de Polícia do Interior, Marcio Girotto, reforçou a convocação do secretário e disse que esse tipo de encontro é necessário e precisa se tornar uma rotina, já que “essas ocasiões são oportunas para resolver questões de diversas naturezas”, destacou o diretor lembrando que as demandas do interior são muitas e pontuais. “Por estar mais distante da capital, que é nosso centro administrativo, tende a acumular demandas, muitas das vezes simples de serem resolvidas, mas que evolvem certa burocracia e reuniões como esta de hoje facilita na resolução de muitas pendências”, concluiu.

O secretário, em exercício, Abizair Paniago, disse que a união das categorias policiais é imprescindível para que as conquistas sejam efetivadas. “É importante estarmos unidos para ouvir as demandas das regionais e alinhar nosso trabalho”, destacou. Entre as várias conquistas da categoria, o secretário destacou a criação do Fundo de Modernização da Polícia Civil do Tocantins (Funpol) e todos os benefícios que o Fundo proporcionará à Polícia Civil do Estado.

Abizair Paniago aproveitou a reunião para sensibilizar os Delegados Regionais sobre o surto de dengue que o País vive e os convocou a entrar na briga contra o mosquito que transmite a doença, eliminando possíveis focos, em suas respectivas regionais. “Combater o mosquito aedes aegypti não é caso de polícia, mas é uma questão de saúde pública. Vamos entrar nessa luta e oficiar os órgãos competentes, nas esferas, estadual e municipal para que nos ajudem a eliminar qualquer possibilidade de criadouros desse mosquito”, concluiu.

Também participaram da reunião, o Delegado Geral da Polícia Civil, Roger Kenewitz; o Corregedor Geral, Fábio Augusto Simon e a presidente do Sindicato dos delegados, Cinthia Paula.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.