Superintendentes de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, da Vigilância Sanitária, da Atenção Primária em Saúde e do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), durante a reunião de alinhamento das ações de contingência de enchentes e combate ao Aedes. Foto: Julyane Galvão

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), intensifica ações e serviços emergenciais nos municípios maranhenses atingidos por enchentes e com incidência de casos de Dengue, Chikungunya e Zíka Vírus. Equipes da Secretaria Adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES estiveram reunidas na nesta segunda-feira (1°), na sede do órgão, para definir as atividades prioritárias para os municípios.

A Secretaria de Estado da Saúde fará o acompanhamento e fornecimento do suporte às famílias atingidas pelas enchentes nos municípios de Balsas e Pedreiras. Sobre isso, o secretário-adjunto da Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Arnaldo Muniz Garcia, destacou que as equipes da SES também trabalham com o monitoramento de desastres naturais.

“Neste primeiro momento será colocado em prática um plano operacional para atender os municípios atingidos com o fornecimento de medicamentos (antibióticos e antitérmicos), soro oral, água potável, banheiros químicos, carros pipas, material de limpeza, coleta de água para análise e hipoclorito”, explicou o secretário-adjunto da Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Arnaldo Muniz Garcia.

A reunião contou com a presença dos superintendentes de Epidemiologia e Controle de Doenças, Léa Márcia Melo da Costa; de Vigilância Sanitária, Marcelo Vieira Rosa; da Atenção Primária em Saúde, Silvia Maria Amorim; e do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), JakelineTrinta Rios; além de técnicos coordenadores.

Pulverização UBV– (Ultra Baixo Volume)

Equipes da Secretaria de Estado da Saúde (SES) estarão nesta terça-feira (2) no município de Barra do Corda para definir as ações de pulverização com aplicação de inseticidas contra o mosquito Aedes Aegypti que serão desenvolvidas antes e depois do período carnavalesco.

“Estes eventos com grande concentração de pessoas é propicio para o aumento no número casos de doenças transmitidas por vírus, e por isso vamos intensificar esses trabalhos nesse período de pré-carnaval”, justifica Léa Márcia Melo da Costa,superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES.

Dois carros de aplicação de inseticidas UBV – Ultra Baixo Volume, foram destacados para dar suporte aos carros que já estão trabalhando em Barra do Corda. Outros locais de grande concentração de foliões que também receberão mais duas máquinas de reforço para cada cidade serão Pinheiro, Balsas e Itapecuru-Mirim.

Alguns municípios que integram a listagem de grande prevalência da infestação do mosquito Aedes Aegypti no Maranhão, como Miranda do Norte, Tasso Frangoso, Fortaleza dos Nogueiras, Vargem Grande e Cururupu, também receberam ainda nessa semana, reforços no quantitativo de carros para aplicação de inseticidas UBV.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.