Após ter a liberação de R$ 23 milhões por parte do governo do Estado, os prestadores de serviço pessoa jurídica voltaram a atender, na noite desta segunda-feira, 22, aos usuários do Plansaúde. A continuidade dos atendimentos, segundo a presidente do Sindicato de Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Tocantins (Sindessto), Maria Lúcia Machado de Castro, está condicionada à elaboração de um cronograma de pagamento, prevista para a próxima semana. Os atendimentos estavam suspensos desde o dia 5.

Hoje, os prestadores de serviço se reuniram com o secretário da Administração, Geferson Barros. De acordo com Maria Lúcia Machado de Castro, o cronograma financeiro dos próximos pagamentos, exigido pelo sindicato, será definido em uma nova reunião prevista para a próxima segunda-feira. “Se o cronograma for assinado na reunião da semana que vem, manteremos os atendimentos. Caso o contrário, voltaremos a suspender”, disse a presidente do Sindessto. (Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.