Foto-ANA SILVINO

O Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no Estado do Tocantins, lamentou o falecimento da camponesa, Ana Silvino Matos, de 63 anos, residente no assentamento Primeiro de Janeiro, situado no município de Palmeiras do Tocantins. Ana Silvino faleceu de causas naturais, na madrugada desta quinta-feira, 18, no Hospital Municipal de Tocantinópolis-TO, onde estava internada.

A senhora Ana Silvino Matos, vivia no assentamento há mais de 17 anos. Ela e sua família participaram e participam ativamente na militância do Movimento Sem Terra contribuindo na organicidade do assentamento e no movimento. A luta da família Silvino Matos ao lado e outras famílias de lutadores e lutadoras sociais, ajudaram a criar o primeiro assentamento do MST no Estado do Tocantins em 1996/97. A companheira Ana, deixa esposo, filhas e netos.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra-MST, enviou nota pesar e menção de solidariedade aos familiares, amigos e amigas da família em lutada.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.