Armas apreendidas
Armas apreendidas

A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira, 23, a prisão em flagrante do maranhense Ricardo Soares da Silva, 27 anos, com objetos roubados, armas e veículos que estavam estocados em uma casa usada para guardar produtos de roubo na cidade de Novo Repartimento, no sudeste do Pará. Ele estava na condição de foragido da Justiça do Pará acusado de envolvimento na morte do empresário Altamiro Borba Soares, em Parauapebas. A prisão foi realizada no último dia 20, pela equipe policial comandada pelo delegado Alenson Lameira, titular da Unidade Integrada Pro Paz de Novo Repartimento.

Segundo o policial civil, a prisão de Ricardo Silva foi resultado de investigações realizadas pela equipe policial da UIPP que investigava uma série de roubos registrados no município. Os policiais civis chegaram até uma casa, na sede da cidade, onde foram apreendidos diversos objetos roubados, além de duas motos, uma delas com registro de roubo, e duas armas de fogo – um revólver calibre 38 e uma pistola calibre ponto40, de uso restrito às Polícias. Ambas as armas estavam com numerações raspadas.

Na sede da Unidade Policial, os objetos apreendidos foram reconhecidos por vítimas de roubos. Ao ser ouvido em depoimento, o acusado apresentou como documento de identidade, uma certidão de nascimento em que Ricardo apresentava nome falso na tentativa de não ser identificado.

Natural de Imperatriz (MA), ele foi preso, em 2013, em Balsas, no interior maranhense, durante operação conjunta das Polícias Civil do Pará e Maranhão, apontado como um dos autores da morte do empresário em Parauapebas, crime ocorrido em julho desse ano. Ele fugiu, no começo deste ano, do presídio do Centro de Triagem Metropolitano IV, em Santa Izabel do Pará, nordeste do Estado. O preso ficará recolhido no Presídio Regional de Tucuruí à disposição da Justiça.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.