Policiais Civis de Paranã, coordenados pelo delegado Elírio Putton Júnior, prenderam, na tarde dessa segunda-feira, 22, N.M.C., 41 anos, suspeito de abusar sexualmente da filha adotiva, de 13 anos. Ele foi capturado, mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz da comarca daquele município.

Segundo o delegado, N.M.C é pastor de uma igreja evangélica, localizada no povoado de Bom Jesus das Palmas, zona rural de Paranã, e, juntamente com sua esposa, criava a adolescente como filha desde quando a garota tinha dois anos de idade. A vítima, que atualmente está com 13 anos de idade, relatou a policia que desde os seis anos vinha sofrendo constantes abusos por parte de seu pai adotivo.

A denúncia contra, N.M.C foi feita pelo disque 0100, sendo imediatamente repassada à delegacia, que deu início as investigações a fim de constatar a veracidade da informação. Diante da comunicação do fato, foi instaurado Inquérito Policial para a apuração do crime de estupro de vulnerável (art. 217-A) e, após alguns dias de investigações, o delegado Elírio Putton representou junto ao poder judiciário, pelo mandado de prisão preventiva do autor.

Após os procedimentos cabíveis, o acusado foi recolhido à carceragem da Cadeia Pública de Palmeirópolis, onde se encontra à disposição do poder judiciário.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.