1454440639-86810081

Mais de 120 mil eleitores de Imperatriz já fizeram o cadastramento biométrico que vai encerrar no dia 17 de fevereiro, sem prorrogação. Quem não ficar em dia com a Justiça Eleitoral até esse prazo ficará impedido de votar nas eleições municipais de outubro.

A meta estipulada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE)para o segundo maior colégio eleitoral do Estado é cadastrar de 131 mil eleitores, mesmo número de comparecimento no pleito passado.

De acordo com o chefe do cartório da 33º Zona Eleitoral, a maior do município, José Souza revelou que a expectativa é que a meta seja superada.

“Em Imperatriz, com nossa equipe com capacidade de 1.200 atendimento por dia já alcançamos 123 mil pessoas recadastradas, e a meta é 131 mil (…). Faltam mais de 10 mil para alcançar a meta, mas somos mais ambiciosos no sentido de elevar essa meta”, anuncia.

José Souza detalhou que espera fazer o cadastramento biométrico de 140 mil eleitores nesse período de quinze dias que, ainda, falta para o encerramento do prazo.

Como fazer o cadastramento

Para fazer o cadastramento biométrico, os eleitores terão de comparecer a um dos quatro locais de atendimento que são: Fórum Eleitoral, próximo a Facimp; Casa do Cidadão, na rua Godofredo Viana, no Centro, Unidade Regional de Educação de Imperatriz (URI) em frente ao Colégio Graça Aranha e Shopping Imperial. Com exceção do shopping, o horário de atendimento é das 8h às 18h de forma ininterrupta.

As pessoas poderão fazer agendamento pelo site da Justiça Eleitoral; no telefone 0800 098 5000 ou pessoalmente num local de atendimento.

Em todos os casos é necessário apresentar um documento oficial de identidade, com foto, mais um comprovante de residência.

A obrigatoriedade de se recadastrar até o dia 17 de fevereiro é só para quem já é eleitor de Imperatriz.

Para quem vai fazer a transferência de domicílio eleitoral ou título pela primeira vez esse tem um prazo mais elástico: vai até o dia 4 de maio, quando o cadastro eleitoral, em razão das eleições de 2016, será encerrado.

Para quem for fazer o título de eleitor, pela primeira vez, será necessário apresentar um documento de identidade oficial com foto; comprovante de residência e, nesse caso tem que apresentar os originais e, também, as xerox.

No caso de transferência de domicílio eleitoral a pessoa precisa comprovar que mora em Imperatriz, no mínimo, há três meses. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.