Alunos já receberam material didátido e iniciaram as aulas do Cursinho Popular.

A Polícia Militar do Tocantins em parceria com a Prefeitura Municipal de São Miguel iniciou na noite de segunda-feira, 22, as aulas do Cursinho Educacional Popular, com o objetivo de preparar os alunos da região para a realização do concurso da PM do Tocantins.

O curso conta com a participação de cinquenta alunos e as aulas são realizadas em um prédio localizado em frente a sede do 3º Pelotão da 4ª Companhia Independente da PM , na cidade de Bela Vista, nos horário de 18h30 às 21h30.

De acordo com o capitão Frank Cynatra Sousa Melo, comandante do pelotão, o curso acontece três vezes por semana, 2ª, 3ª e 4ª feira. Além dos alunos da cidade de São Miguel, o projeto abrange também as cidades de Sítio Novo do Tocantins, Itaguatins e Axixá do Tocantins, todas pertencentes à área de atuação do 3º Pelotão da 4ª CIPM.

A participação logística da Prefeitura é na distribuição do material que está sendo usado pelos alunos. O curso possui cerca de oito disciplinas, ministradas por professores que são policiais militares: Raciocínio Lógico – cabo José de Arimateia Pereira; Direitos Constitucional e Humanos – cabo João do Nascimento Silva; Direito Penal – cabo Ruy Ângelo da Silva; Informática – cabo Frank da Silva Santos; Produção Textual – soldado José Rogério  Marinho dos Santos; Normas Pertinentes à PMTO – capitão Frank Cynatra Sousa Melo; Atualidades – cabo João Carlos Silva Amazonas Júnior; História e Geografia do Tocantins – cabo Wiajara Torres Meneses.

Ainda de acordo com o capitão Frank, idealizador do projeto, o Cursinho Educacional Popular tem como objetivo geral dar condições para as pessoas que não tiveram oportunidade por questões sociais e econômicas, os conhecimentos que são exigidos nos principais concursos públicos e vestibulares do Brasil.

O militar acrescenta que o cursinho visa também estimular o senso crítico dos alunos, através da troca ativa de conhecimentos, buscar a transformação da sociedade através da educação, oferecer aulas gratuitas e de qualidade para a sociedade através da difusão do conhecimento, atuar juntamente com o corpo discente, buscando o acesso de todos os alunos aos concursos públicos e universidades do nosso país. O cursinho visa oferecer vagas a alunos oriundos da rede pública dos municípios atingidos, e atender a uma população carente de recursos educacionais e financeiros.

“Os professores, que são policiais, são altamente capacitados e gabaritados para esta função, sendo assim, estamos em boas mãos, o que nos faz ter certeza de um bom aprendizado. Agradeço a todos que colaboraram com esse projeto”, enfatizou o aluno do cursinho Wanderson Rodrigues. (Luana Barros)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.