Sete integrantes de uma quadrilha de tráfico de armas e drogas, que atuava no município de Paranã, 304 km de Palmas, foram presos neste último fim de semana em uma operação realizada pelo Ministério Público Estadual (MPE), com o apoio da Polícia Civil. De acordo com o MPE, um dos detidos é Emival Cezário Passos, 3º sargento da Polícia Militar (PM), acusado de integrar o grupo criminoso.

Ainda conforme informações do MPE, entre outubro de 2014 e dezembro de 2015, com autorização judicial, foram realizadas interceptações telefônicas que comprovaram a associação de pessoas destinada ao tráfico de drogas e armas.

Ainda segundo MPE, as investigações constataram que o grupo criminoso era comandado por João Neto Paulino Batista, conhecido como João Rato, que recebia e armazenava drogas e armas e em seguida distribuía aos seus intermediários para venda na região. Tudo acontecia em uma pequena distribuidora de bebidas que ele mantinha.

Além de João Rato e do militar Emival Passos, outros três acusados foram detidos em Paranã, no Sudeste do Tocantins: Vitor Paulo Ferreira Araújo, Francivaldo Gomes de Oliveira e Orlando Cunha dos Santos. As outras duas prisões ocorreram no estado de Goiás. Fernando Pinto de Abreu e Jucélio Santos Francisco da Costa foram encontrados em Goiânia. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.