1455996018-73251269

Uma equipe da Polícia Civil prendeu, neste sábado (20), dois suspeitos de assalto a uma loja de celulares em Estreito, a 750km de São Luís. Na ação, realizada na sexta-feira (19), os criminosos efetuaram disparos contra uma das vítimas, que não foi atingida, e fugiram em uma moto.

Através das câmeras de segurança, os policiais identificaram que um dos suspeitos trajava uma farda da Usina Hidrelétrica de Estreito, enquanto o comparsa vestia camisa de um time de futebol. Com as imagens e as informações, a polícia chegou a Geovane Carvalho dos Santos, que já trabalhou na Usina, cumpria regime semiaberto e já estava fazendo a venda dos aparelhos roubados.

Depois da prisão de Geovane, a Polícia realizou uma busca na casa de Rafael Saraiva Silva, que já tinha sido preso por tráfico de drogas. Assim que os policiais chegaram, o suspeito tentou jogar os celulares pela janela. Na casa de Rafael, foram encontrados outros aparelhos celulares e a camisa do time de futebol, utilizada no assalto. Geovane e Rafael foram autuados por tentativa de latrocínio na Unidade Prisional de Ressocialização de Porto Franco. (iMirante)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.