Reunião que decidiu a expulsão

O Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu dia 15 de janeiro, pela expulsão sumária de dois filiados em Sampaio. A expulsão foi motivada pela infidelidade partidária dos filiados que não concordaram com a decisão tomada pelo partido para a coligação com o PR,PDT e SD e decidiram apoiar a candidatura de Josimar Furlan, do PV. Foram expulsos Torquato Ferreira Marinho e Coracy Paula de Melo Lopes.

Os filiados em questão ainda podem recorrer às instâncias superiores conforme o estatuto do partido lhes assegura o direito.

A referida expulsão será oficialmente comunicada ao Cartório Eleitoral e ao Diretório Estadual. (Ascom)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.