Max Alex da Silva acusado de furtar a moto

Na última sexta-feira, 9, o trabalhador rural Edinaldo Gomes Carvalho, morador do povoado Novo Sítio, município de Araguatins, tentou ser solidário e acabou enganado por um marginal chamado Max Alex da Silva.

Max se fez passar por caminhoneiro e chegou na casa de um morador do povoado pedindo ajuda, dizendo que seu caminhão havia trombado na região do Rancho Alegre e a carga de produtos agrotóxicos teria caído perto de um rio.

O morador chegou a dar dois dias de guarita para Max, que ainda acionou outros moradores no distrito de Macaúba, para ir até o local ajudar a resgatar o suposto caminhão e a carga. Mas no local nada foi encontrado. Mesmo assim, os moradores não desconfiaram do trambique.

Foi ai que Max pediu para Edinaldo ir com ele até Araguatins, sacar um dinheiro na agência do Basa. No banco, o acusado entrou, tirou uma senha e pediu que a vítima ficasse aguardando a vez, enquanto ele iria ao Bradesco pegar outra senha de atendimento. Edinaldo sem desconfiar de nada, cedeu a moto e Max sumiu.

A motocicleta é uma Honda Bros 160, placa QKG 3527 de Araguatins.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.