endemias araguatins

Os agentes de endemias de Araguatins, responsáveis pelo combate ao mosquito Aedes Aegypti, decidiram paralisar os trabalhos na manhã desta segunda-feira, 28. Segundo o grupo, o ato seria de advertência relativo a dois meses de salários atrasados.

Maria Alessandra Carneiro da Silva, líder do movimento informou a nossa equipe que o ato é de alerta, a gestão municipal, e, que o grupo vai esperar até o dia 31, caso não seja quitado os débitos os agentes deflagrarão a greve. Ainda segundo Alessandra, o movimento tem apoio da Associação Tocantinense dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias (ATACOM) e que a Secretaria Municipal de Saúde já teria sido notificada sobre a situação.

Alessandra disse ainda que o grupo vai manter a paralisação até que o atrasado seja quitado e que cerca de 12 funcionários aderiram a paralisação. O grupo pode também procurar a Justiça. “Estaremos aqui no setor de endemias até que paguem. Estamos em dificuldades e precisamos do nosso salário. Vamos procurar também a promotoria”.

O outro lado

A Prefeitura Municipal por meio do diretor de Vigilância Epidemiológica, Ronaldo Costa Sousa, informou que o pagamento dos servidores já está agendado para o próximo dia 30. Ronaldo também afirmou que não são dois meses de atraso, mas sim um. “Temos que colocar as coisas claras e dentro da realidade. Reconhecemos o atraso de um mês, mas não por culpa nossa, o repasse do governo federal atrasou e por isso atrasamos. Antes disso, já havíamos nos reunido com os agentes, que antes recebiam no dia 10 de cada mês e passamos para o dia 30, eles sabem disso. Estamos em atraso no pagamento de fevereiro, tanto é que o próprio documento entregue por eles mostra isso. Sobre março ainda não completou o mês”, explicou o diretor.

Ronaldo disse ainda que o setor conta com 42 servidores, sendo 7 comissionados e 35 efetivos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.