IMG-20160302-WA0438

As forças policia is envolvidas da caça aos cerca de 30 bandidos que explodiram o Banco do Brasil e atacaram a sede da 4ª CIPM, continuaram a operação na manhã de quarta-feira, 2, com a presença do comandante geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, que fez questão de acompanhar os trabalho.

Coronel Glauber se solidarizou com os policiais envolvidos no confronto desta terça-feira, 1, e também com a população de Araguatins. O coronel reiterou o empenho da Polícia. “Não nos furtaremos em agir em sua defesa da sociedade e na defesa de nossos irmãos, mesmo que estejamos no descanso do nosso lar, iremos aonde for preciso para que possamos defendê-los”, disse o coronel Glauber.

Na estratégia de reação definida pela Polícia Militar, que conta com várias equipes de policiais militares no terreno, a fim de capturar os envolvidos nessa ação criminosa. Reforço das Unidades da PM da região de Araguaína e Tocantinópolis se juntaram aos trabalhos. Policiais militares das Unidades especializadas, Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) e Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) de Palmas também foram deslocados para auxiliar nas buscas. Essas ações acontecem sem prejuízo do serviço ordinário nas demais cidades.

O comandante-geral da garantiu que todo esforço está sendo feito a fim de capturar os envolvidos. O comandante esclareceu também que, por questões estratégicas de segurança, informações sobre quantitativo de policiais envolvidos e material logístico não podem ser divulgadas. Equipes da Polícia Militar do Maranhão e do Pará também estão reforçando as buscas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.