IMG-20160308-WA0810

O empresário Aquiles da Areia, recebeu nesta terça-feira, 8, na sede de sua empresa a Cerâmica São João, em Araguatins, a visita do americano Jones Mundy, diretor de qualidade mineral da empresa americana com filial no Brasil, Dow Corning.

A Dow Corning é uma empresa que oferece soluções que atendem às diversas necessidades de mais de 25.000 clientes em todo o mundo. Líder global em silicones e cilício, tecnologia à base de silício e inovação, a Dow Corning oferece mais de 7.000 produtos e serviços através de suas marcas Dow Corning® e Xiameter®. O controle acionário da Dow Corning é dividido igualmente entre as empresas The Dow Chemical Company e Corning, Incorporated. Mais da metade das vendas anuais da Dow Corning são realizadas fora dos Estados Unidos e tem o estado do Pará como um dos pontos estratégicos de produção,

Na Amazônia, a fabricação do silício está diretamente relacionada à produção da Dow Corning Metais do Pará. A empresa fabrica o produto desde 1988, no município de Breu Branco, sudeste paraense, quando iniciaram as operações daquela que se tornaria uma das maiores fabricantes de silício metálico do Brasil.

IMG-20160308-WA0811

A empresa Cerâmica São João é uma das fornecedoras de matéria prima para a Dow Corning.

O executivo americano aproveitou a oportunidade para se reunir também com trabalhadores da Cerâmica São João, em que reforçou os princípios e valores da Dow Corning, pautados pelo Código de Conduta.

Jones Mundy destacou ainda que a Dow Corning prima pela segurança, integridade, colaboradores, clientes, sustentabilidade e tecnologia. “Zelamos por adequar nossa conduta nos locais de trabalho oferecendo segurança e condições, mas também cobramos isso dos nossos parceiros”, disse.

Já Aquiles da Areia, enalteceu o potencial de Araguatins e se disse que a empresa prima por se amoldar as normas do mercado. “Muitas vezes as pessoas pensam que por estarmos aqui em Araguatins as coisas não acontecem. Muito pelo contrário. Veja que sai daqui, dessa terra, parte de matérias que se transformam em chips, silicone e muitas outras coisas. O que precisamos é estabelecer formas de agregar mais valor e incluir mais seguimentos nessa cadeia produtiva aqui em Araguatins”, finalizou o empresário.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.