S6MQOG7ELG6DI12LID1EFMXBYNFJVKPOUSQXCANW
Comissão se reuniu na tarde de quinta-feira para discutir capacitações

A equipe responsável pelo programa para melhorar as notas da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) começou a traçar o planejamento das capacitações deste ano. Na semana passada aconteceu a primeira reunião na sede administrativa em Palmas.  Um novo encontro acontece nesta segunda-feira, 21, para dar início à reformulação do projeto desenvolvido no ano passado.

A coordenadora pedagógica geral, Marlucia Ferreira Lucena de Almeida, explicou que a ideia, após a reformulação do projeto, é discutir as primeiras ações que serão realizadas. Os articuladores formados nos câmpus serão reunidos para uma capacitação conjunta.

O Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) no Brasil e é fundamental para a nota atribuída às instituições no Índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação (MEC).

Um dos objetivos do programa da Unitins é conscientizar os estudantes de que uma boa nota para a instituição no Enade e, respectivamente no IGC, valoriza o curso deles também no mercado profissional. O programa também tem como objetivo planejar ações junto ao corpo docente para capacitar os acadêmicos para que atinjam a nota máxima no Enade.

Enade 2016

Neste ano serão avaliados 13 cursos de bacharelado e quatro cursos tecnólogos. Desse total, a Unitins oferece quatro: Agronomia e Serviço Social, no campus Palmas, e Enfermagem e o de Tecnologia em Gestão de Agronegócios, no acmpus Augustinópolis.  O exame será aplicado no dia 20 de novembro, a partir das 13 horas.  As inscrições para o Enade são feitas pelas instituições de ensino, entre 15 e 29 de junho de 2016.

De acordo com o MEC, devem fazer as provas todos os estudantes que concluirão os cursos até julho 2017. Já aqueles que colarem grau até o dia 31 de agosto de 2016 não vão precisar prestar o exame. Os demais que não puderem participar do Enade e que estejam nas categorias obrigatórias são obrigados a solicitar dispensa.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.