Sem título

Uma erosão está destruindo parte de uma rua localizada no município de Bom Jesus do Tocantins, no sudeste do Pará, deixando a população com medo do risco de desabamento das casas.

A Prefeitura deu início a obras na travessa 5 de abril, em um trabalho paliativo realizado em 2015, mas com a chegada do período de chuvas, o problema voltou a se agravar em janeiro deste ano e a cratera já chega a cerca de três metros de profundidade. O prefeito Sidney Moreira reconhece que para resolver o problema seria necessária a construção de uma galeria subterrânea, porém, alega não ter recursos para a realização da obra.

“Dias atrás eu até assinei um termo de uma emenda parlamentar, de um projeto aprovado pela Caixa Econômica e estamos só no aguardo do recurso. O que eu não posso aqui é ser irresponsável e dizer que vai começar porque não vai. Sem dinheiro na conta não tem como começar”, afirma.

O lavrador Gilberto Ribeiro vê a extensão da erosão aumentar e teme que a casa onde vive com a família seja atingida.

“A gente está aqui em uma situação precária. Só não está maior porque conseguiu desviar
a água para outro canto”, conta.

“Dizem que isso aqui já foi notificado pela Defesa Civil, mas até hoje nunca apareceu ninguém”, reclama o autônomo Ataíde Geraldo.

Sem qualquer estrutura que contenha o desmoronamento do terreno, o buraco avança rumo à casa do aposentado Francisco Rodrigues Braga, que teme que o imóvel desabe a qualquer momento.

“Está difícil, eu não tenho para onde ir mais; meu lugar é esse aqui”, lamenta.

Quem mora perto da cratera espera que alguma providência seja tomada ao menos para garantir a segurança da população.

“A gente espera melhorias porque é muito constrangimento para a gente que vive aqui. A minha mãe trabalha cedo, ela não pode nem sair por aí, tem que ter cuidado, sair com jeito e atravessá-la”, conta o agricultor André da Silva Braga.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.