Sessão Dia da Mulher - Ascom AL

Durante sessão solene em homenagem às  mulheres que se destacaram no Estado, a deputada estadual Luana Ribeiro (PDT) mostrou as conquistas femininas ao longo da história e falou dos desafios a serem enfrentados. “Mesmo com todos os avanços, como o direito a voto e as cotas de participação política, ainda sofremos com a violência doméstica”, disse Luana. Em sua fala, a parlamentar apresentou os resultados de uma campanha divulgada em suas redes sociais durante a Semana da Mulher. “Em vez de distribuir flores, resolvemos dar visibilidade às mulheres vítimas de violência e a campanha teve grande repercussão, o que mostra que as mulheres querem respeito e amor, além de homenagens”, afirmou.

Luana indicou para receber o Diploma Mulher-Cidadã Guilhermina Ribeiro Das Silva,  a promotora de Justiça, Maria Roseli de Almeida Pery pela sua atuação em defesa da saúde. “Foi com muita humildade que recebi esta homenagem, diante de tantas mulheres merecedoras desta comenda, que me motivam a compartilhar com todas as mulheres os méritos do evento. Historicamente, a mulher tem exercido diversos papeis na sociedade, mesmo assim, estamos longe de alcançarmos os ideais da militância feminina”, afirmou Maria Roseli em seu pronunciamento.

Para Luana, a homenagem foi justa. “Sempre militei em defesa da saúde e nada mais justo do que homenagear uma mulher que atua de forma tão significante em prol desta causa”, comentou.

Homenageadas

Receberam honrarias Maria do Socorro Loureiro, Ercíclia Maria Soares, Celeste Alves Póvoa, Dirce de Carvalho Neiva, Gilda Rodrigues dos Santos, Maria Sebastiana Vieira, Maria das Graças de Sousa, Margarida Lemos Gonçalves (in memorian), Dinorah José Costa, Ruth Caetano Cardoso, Leila Siriano Bonagura, Genecí dos Santos Almeida, Luzia Murça Andrade, Ione Bandeira Franco, Edymee de Cássia Tocantins, Maria Nilza Borges, Maria Roseli de Almeida Pery.  (Com informações da ASCOM/MPE)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.