Importante meio para a promoção da Gestão Democrática e Compartilhada da Educação, Associações de Apoio às Escolas (AAE) /Conselho Escolar (CE), congregam membros da comunidade escolar interessados em participar ativamente do dia a dia das escolas. Para fortalecer essas AAE/CE, a Coordenação Estadual do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares (PNFCE) está com inscrições abertas para os cursos voltados para conselheiros das unidades escolares.

As inscrições seguem até o dia 15 de abril e no Bico do Papagaio os interessados devem procurar as Diretorias Regionais de Educação (DRE) de Araguatins e Tocantinópolis, ou a Secretaria de Educação do Município onde reside. A  primeira edição do curso terá início no dia dois de maio.

De acordo com Nélida Gomes de Azevêdo, secretária executiva da Coordenação Estadual do PNFCE, o curso contará com uma carga horária de 40h. Destas, conforme a técnica, 28h serão ministradas na modalidade de ensino a distância e as 12h restantes serão divididas em três encontros presenciais de quatro horas cada.

“O objetivo do curso é fortalecer a gestão democrática, enfatizando as questões administrativas, pedagógicas e financeiras inerentes ao cotidiano escolar”, salientou.

PNFCE

O Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares (PNFCE) tem por objetivo fomentar a implantação dos conselhos escolares, por meio da elaboração de material didático específico e formação continuada, presencial e a distância, para técnicos das Secretarias Estaduais e Municipais de educação e para conselheiros escolares, de acordo com as necessidades dos sistemas de ensino, das políticas educacionais e dos profissionais de educação envolvidos com a gestão democrática.

Aos conselhos escolares cabe deliberar sobre as normas internas e o funcionamento da escola, além de participar da elaboração do Projeto Político-Pedagógico; analisar as questões encaminhadas pelos diversos segmentos da escola, propondo sugestões; acompanhar a execução das ações pedagógicas, administrativas e financeiras da escola e mobilizar a comunidade escolar e local para a participação em atividades em prol da melhoria da qualidade da educação, como prevê a legislação.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.