IMG-20160304-WA0029

A caravana das Unidades Móveis para Atendimento a Mulheres no Campo, na Floresta e nas Águas, disponibilizadas ao Estado pelo Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, está nesta sexta-feira, 4, no Bico do Papagaio, no povoado de Samaúma, município de Sítio Novo, levando serviços de saúde, palestras sobre meio ambiente, cidadania e direitos das mulheres e oficinas de inclusão produtiva. Nesta ocasião, a caravana faz parte da Ação Viva Mulher, iniciativa referente ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, uma data importante no calendário de luta das mulheres por melhores condições de vida e trabalho.

A diretora de Direitos Humanos da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), Maria Vanir Ilídio, faz uma explanação do que está sendo a caravana, neste mês da mulher, no Bico do Papagaio. “É uma alegria muito grande o Governo do Estado ter criado essa ação e os movimentos sociais aqui do Bico do Papagaio terem abraçado essa iniciativa. Estamos aqui falando sobre a importância do combate à violência contra as mulheres, da importância da inclusão econômica por meio do artesanato e do enriquecimento de quintais; falando com as mulheres sobre seus direitos, oferecendo atendimento de saúde e palestras sobre prevenção do câncer de mama e do colo de útero. Além desse atendimento, também temos profissionais capacitados fazendo atendimento às mulheres que sofrem algum tipo de violência”, informou.

Luzanir Ferreira Lima, representante da Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Bico do Papagaio, avaliou a ação como sendo necessária para as mulheres da sua região. “É uma ação muito positiva, pois muitas mulheres encontram dificuldade para ter acesso a alguns tipos de informação e serviços, com a vinda da caravana da Unidade Móvel esse tipo de atendimento fica facilitado”. Luzanir falou ainda que “esse tipo de ação faz com que as mulheres dessa região conheçam os seus direitos e saiam do conformismo”.

A moradora do povoado de São Pedro na região do Bico do Papagaio, Euzamar Rodrigues dos Santos, participou da programação da caravana e, acompanhada da filha Gleiciane dos Santos Oliveira, aproveitou a oportunidade para utilizar o serviço de emissão do Cadastro de Pessoa Física (CPF). “Eu aproveitei essa facilidade para que minha filha pudesse ter esse documento e estou muito agradecida por tudo que está acontecendo nessa região. O Governo do Tocantins está de parabéns e esperamos que a caravana volte para que mais pessoas que não puderam estar aqui hoje possam usar dos serviços”, comemorou.

Agenda

A programação das unidades móveis foi definida por meio do Fórum Estadual de Mulheres do Campo, da Floresta e das Águas, que escolheu o Bico do Papagaio como a primeira região a receber as Unidades Móveis. Ainda na região selecionada, a caravana estará nos dias 8 e 9, em Vila Tocantins, em Esperantina; e nos dias 11 e 12, na Comunidade Grota do Meio, em São Miguel.

Viva Mulher

Essas ações são em referência ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, uma data importante no calendário de luta das mulheres por melhores condições de vida e trabalho. Nesta perspectiva, o Governo está desenvolvendo um projeto que visa assegurar a construção de uma agenda de ações integradas, chamada Ação Viva Mulher, a partir de três eixos – Saúde e bem-estar, Cidadania e Inclusão Produtiva. O projeto é destinado às mulheres tocantinenses durante todo o mês de março e envolve órgãos da administração estadual e parceiros como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Tribunal de Justiça, o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública do Estado e diversas organizações da sociedade civil. (Shara Rezende e Tom Lima)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.