O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, participou na tarde de ontem, 8, de uma audiência de conciliação na Vara da Infância e Juventude para tratar da implantação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital Municipal Eduardo Medrado. Ficou decidido que, além de custear o corpo técnico, o Governo do Estado deve repassar ao Município a quantia de R$ 250 mil para garantir o funcionamento da unidade que atenderá crianças de toda a região com 10 leitos.

O secretário estadual da Saúde, Marcos Esner Musafir, garantiu que o Estado cuidará de todos os itens que ainda faltam para o funcionamento e que a entrega da UTI para a comunidade está prevista para o mês de abril.

“Estamos de acordo, desde que não haja nenhuma pendência, dentro desse prazo. Lembramos que o custeio é de aproximadamente um milhão de reais e o Município não tem como arcar com as despesas agora, principalmente por causa do débito do Estado com a Saúde do Município, que já soma mais de dois milhões e meio de reais”, disse Dimas.

Também ficou acordado que R$ 78 mil serão repassados pelo Fundo da Infância e Adolescência (FIA) para o Fundo Municipal da Saúde (FMS). O FIA foi criado para captar recursos com a finalidade de custear projetos em defesa de crianças e adolescentes, principalmente em situação de vulnerabilidade social.

Estiveram presentes na audiência o juiz de Direito da Infância e Juventus de Araguaína, Herisberto Caldas; a promotora da 5ª Promotoria de Justiça Araína Cesária D’Alessandro e o secretário municipal da Saúde, Jean Luís Coutinho.

Prazos

Durante a audiência, ficou definido que ainda neste mês de março, entre os dias 12 e 23, os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas que atenderão na UTI Pediátrica devem realizar treinamento no Hospital Geral de Palmas (HGP).

Outro prazo é para os equipamentos, que serão instalados entre os dias 26 e 29. Em seguida, será feita uma inspeção, para verificar se todos os itens estão aptos para o bom funcionamento da unidade.

Unidade humanizada

A obra da UTI, orçada em torno de R$ 395 mil e executada pela Prefeitura de Araguaína, ficou pronta em outubro do ano passado.

A unidade está instalada no Hospital Municipal de Araguaína Eduardo Medrado e conta com layout moderno, dentro do projeto de humanização da Prefeitura, com base no Ministério da Saúde.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.