IMG-20160419-WA0039

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) com o apoio da Polícia Militar apreendeu na tarde desta segunda-feira, 18, uma carga de ovos com 280 caixas, equivalentes a 6.127 quilos sem registro no serviço de inspeção oficial, na barreira fixa de Aguiarnópolis, na divisa entre o Tocantins e o estado do Maranhão. A carga saiu do município de Darcinópolis e seguia para Balsas-MA. O proprietário foi notificado e a carga destruída no aterro sanitário de Aguiarnópolis.

O inspetor de defesa agropecuária da Adapec, Deuziano Bandeira Almeida Júnior explicou que a carga foi apreendida depois que a Adapec identificou que havia uma divergência entre a nota fiscal do produto e o selo de inspeção federal (SIF) utilizado na carga. “Os ovos estavam com rotulagem do serviço de inspeção federal de uma empresa de Goiás, porém, na nota fiscal a carga saiu do município de Darcinópolis – TO, onde a mesma empresa possui uma granja, mas não tem cadastro na Agência e nem registro no SIF”, contou Bandeira.

Divulgação1

Segundo o inspetor de defesa agropecuária, Jean Paulo Galletti, o fato da empresa está usando rótulo de uma das suas filais de Goiás e usando nota fiscal de Darcinópolis, prova que a empresa não estava processando, ou seja, inspecionando estes ovos que seriam comercializados. “Ações como esta visam coibir o comércio de produtos sem inspeção oficial”, pontuou Jean.

Antes da comercialização, os ovos devem passar por um entreposto devidamente registrado no serviço de inspeção oficial, onde é realizada a lavagem, ovoscopia e classificação do produto, para garantir que cheguem ao consumidor apenas aqueles próprios para o consumo, e não ofereça risco à saúde do consumidor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.