dengue_2

Os casos de dengue aumentaram em 71% no Tocantins, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau). No ano passado, entre janeiro e abril, foram registrados 8.016 casos. Este ano, considerando o mesmo periodo, as notificações chegam a 13.682.

Segundo o órgão, dos 139 municípios, 128 notificaram casos de dengue, mas a prioridade no combate se concentra em 15 cidades, onde foi notificado o maior número de vítimas. O primeiro deles é Palmas. A capital lidera o ranking com 4.641 notificações.

Entre as 15 cidade que lideram o ranking dos casos de dengue estão duas do Bico do Papagaio. Tocantinópolis em 5ª lugar com 556 casos, que representam 4,06% dos casos no estado e Sítio Novo em 11ª lugar com 210 casos e representa 1,53% dos casos no Tocantins.

A secretaria disse que dois óbitos foram registrados em Palmas e Peixe, mas não é possível afirmar se foram ocasionados pela doença.

“Realmente é preocupante o aumento no número de casos e tem vários fatores que estão influenciando neste aumento. O clima, por exemplo. Nós temos alterações climáticas”, explicou o biólogo da Sesau, Marcos Timóteo Torres.

Ele argumenta que outros fatores influenciam nos dados, como o comportamento populacional. “Quando a gente passa por um processo epidêmico, a população se sensibiliza temporariamente e depois de alguns anos deixa o hábito de prevenir e de se preocupar”, afirmou.

O número de casos suspeitos de Chikungunya também aumentou em relação ao ano passado. Este ano foram notificados 806 contra 271, no ano anterior. A Sesau ressalta que os casos são suspeitos, ainda não foram confirmados.

Ao todo, 45 municípios notificaram casos da doença. Palmas mais uma vez lidera o ranking com 334 registros.

“A confirmação inicial dos casos se dá por critério laboratorial. Existem técnicas laboratoriais específicas para esta identificação. No entanto, após identificar que aquele vírus está circulando em determinada localidade, os profissionais de saúde estão habilitados a confirmar os casos apenas por este vínculo epidemiológico”, explica o biólogo.

Os casos de zika também são preocupantes. Em todo o Tocantins são 7.685 casos suspeitos só este ano. No ano passado, foram 1.086. Ao todo, 82 municípios notificaram casos de zika. O órgão informou ainda que 79 gestantes foram notificadas. (Com informações do G1)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.