3badfd0958b70eaff1a7990ef43fca3f

O deputado estadual Olyntho Neto (PSDB) foi denunciado por crime ambiental. Além dele, a ação penal acusa o comerciante Hernandes Neves de Brito e o pecuarista Naim Halloun pela prática. Conforme o Ministério Público Federal (MPF), autor da denúncia, eles são acusados de extrair ilegalmente areia do Rio Araguaia para construir duas praias do tipo “ilhotas” na área da Praia do Escapole, em Araguanã.

De acordo com o MPF, as praias seriam destinadas ao deputado e ao pecuarista, que contrataram o serviço do comerciante para a construção. O valor do contrato é de R$ 4 mil para cada praia. A investigação começou após uma denúncia sobre a extração sem autorização da areia, que estaria sendo realizada pela empresa Mineradora Porto Seguro.  A empresa foi autuada pela Polícia Militar Ambiental.

Porém, durante as investigações, foi constatado que a empresa e seu proprietário não tinha participação no crime. Com base nos depoimentos, foi descoberto que o comerciante havia pego as maquinas da empresa emprestadas de um funcionário. Não foi apresentado nenhum documento com a autorização para a extração da areia.  (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.