dulce_miranda

A deputado Dulce afirmou ao Jornal do Tocantins, que foi pega de surpresa ao ser classificada, junto com Josi, de traidora por membros do PT. “Se a presidente Dilma precisasse dos nossos votos, ela teria nos procurado, mas não fez isso, nos deixou muito a vontade para decidirmos”, disse.

A parlamentar ressaltou que o PT foi um companheiro de campanha e parceiro de gestão, mas “ninguém deve ficar onde não se sente a vontade”. Sobre possíveis prejuízos que poderia causar a saída do PT ao governo, Dulce avaliou que não haverá transtornos. “Têm bons companheiros do PT na gestão, mas ninguém é insubstituível.”

Josi Nunes frisou que o PT foi parceiro importante, mas não acredita que tenha sido o elemento de decisão da eleição em 2014. (Com informações do Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.