IMG-20160416-WA1001
Escola Família Agrícola Padre Josimo

Passo importante para a consolidação da educação do campo no Tocantins, a Escola Família Agrícola Padre Josimo foi inaugurada neste sábado, 16, em Esperantina, no Bico do Papagaio.

A EFA Padre Josimo era uma demanda da população do Bico do Papagaio que remota o ano de 1983, quando o pároco da região – que deu nome à escola, iniciou o processo de instauração de uma unidade educacional voltada para as crianças filhas dos trabalhadores rurais. Mais de 30 anos se passaram até que o sonho virasse realidade. Construída com recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a escola passou por entraves administrativos desde a conclusão das obras, até a cessão da gestão para a Seduc.

IMG-20160416-WA0269

Pautada pela pedagogia da alternância, em que os estudantes passam uma semana na escola e uma semana em casa, replicando os conhecimentos teóricos e práticos, a EFA Padre Josimo possui estrutura completa para abrigar os 150 alunos matriculados em 2016. Ao todo, a escola conta com uma área construída de 740 m², situados em sete alqueires de terra, quatro salas de aula, um laboratório de informática, uma biblioteca, quatro alojamentos masculinos e quatro femininos, lavanderia, salas de coordenação e refeitório.

Maria Senhora destacou que a EFA é a realização de um antigo sonho dos produtores rurais da região.
Maria Senhora destacou que a EFA é a realização de um antigo sonho dos produtores rurais da região.

Presidente da Associação da EFA Padre Josimo, Maria Senhora foi uma dessas responsáveis pela implantação da escola que iniciou as atividades em abril. Na ocasião ela comentou que a demanda pela unidade educacional foi elencada por meio de pesquisa realizada junto à população. “Hoje é um dia muito importante para a população do Bico do Papagaio e de todo o Tocantins. Há 30 anos nós já discutíamos a implantação dessa escola que é um modelo diferente de educação para filhos e filhas de produtores rurais”, ressaltou.

Se entre os líderes políticos e comunitários o sentimento era de realização, entre alunos e pais o clima era de satisfação e esperança de um futuro melhor. Foi isto que o lavrador Moacir Nascimento Silva, pai de um dos alunos da escola, demonstrou. “Essa escola é muito importante. Temos muitos pais de família que não têm condições de dar uma educação para seus filhos e essa escola veio em boa hora. A gente precisava dessa escola, porque nossos filhos vão ter oportunidade de ficar aqui, trabalhar aqui e nos ajudar no dia a dia”, destacou.

Juan Tomé Alves Carvalho, de 14 anos, é aluno do 9º ano e destacou a rotina na escola. “Nós acordamos cedo, tomamos banho, temos aulas teóricas no período da manhã e práticas na parte da tarde”, completou. Para ele, a oportunidade de ter o conhecimento na teoria e prática é muito importante para seu futuro. “É muito importante para mim. Quando no futuro, nós vamos ter uma profissão e vamos poder compartilhar esse conhecimento com nossos filhos”, afirmou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.