O município de Curionópolis, no sudeste paraense, recebe pela quinta vez a Festa do Cajá, no próximo sábado (23). A fruta também é conhecida em outras regiões do Pará pelo nome de taperebá e movimenta a economia local. A festa ainda reconhece a importância da fruta para a base produtiva local, proporciona integração entre o meio rural e a cidade, estimula a interação e a participação social e econômica dos agricultores familiares.

A organização do festival é da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) e da Associação dos Pequenos e Médios Produtores Rurais do Leandro (ASPRUL), com parceria da Proagri e da Associação dos Horticultores de Curionópolis (AHPMAC), e apoio de diversas entidades de Curionópolis.

O festejo ocorrerá no Km 14, margem direita da estrada de Serra Pelada na comunidade Curral Preto. A maior produção da fruta no município fica no ramal de Serra Pelada, com média estimada de 60 toneladas por safra. Além de estimular a população na apreciação das qualidades da fruta, cuja polpa tem um rendimento médio de até 60% de sua extração, a festa incentiva a participação do agronegócio.

Programação

Quem estiver presente na Festa do Cajá poderá participar da palestra “Preservação do Ecossistema e Cultura do Cajá”, além de outras atividades: a escolha da melhor barraca, premiação dos “catadores de cajá”, cavalgada, escolha da “Miss Cajá”, premiação do vencedor do “torneio do cajá”, sorteio de cestas básicas, “show de calouros” e “ato ecumênico”, como forma de agradecimento pela colheita do cajá. (Edna Moura)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.