A Polícia civil prendeu neste domingo, 03, dois irmãos, suspeitos de envolvimento no crime que resultou na morte de um policial militar, em Colméia do Tocantins, no mesmo dia. Na ocasião, os policiais Paulo Pereira da Silva e Josafá Ferreira de Araújo realizavam trabalho de rotina e, após uma abordagem feita a usuários de drogas, os mesmos foram baleados, sendo que  Paulo Pereira morreu no local e Josafá Ferreira ferido e encaminho ao hospital.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia de Colméia, Hélio Domingos, o crime aconteceu em frente a uma festa que acontecia na cidade. “Os militares foram acionados depois que começou uma briga no local. Quando chegaram, houve uma luta corporal com um dos envolvidos e, na briga, um dos suspeitos tomou a arma de fogo do policial Paulo e atirou contra ele”, conta o delegado, afirmando que o outro militar, Josafá, foi atingido por dois disparos após ser desarmado por outro suspeito.

Os dois irmãos envolvidos na briga foram presos logo depois da ocorrência, pelas policias civil e militar. De acordo com o delegado, as duas armas utilizadas no crime foram recuperadas, sendo uma apreendida com um menor, que diz ter recebido de outros suspeitos durante a fuga e a outra encontrada em um terreno baldio.

O delegado informou que várias testemunhas já foram ouvidas e as investigações continuam, inclusive ouvindo diversas pessoas envolvidas. Os dois irmãos se encontram recolhidos na Delegacia de Polícia de Colméia. (Uago Modesto)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.