Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na madrugada deste domingo (24) um grupo de trabalhadores sendo transportado em um caminhão baú no no km 625 da BR-230, em Altamira, no sudoeste do Pará.

De acordo com a PRF, 15 homens ocupavam dois compartimentos diferentes dentro do baú do veículo, dormindo em redes presas em suportes para mercadorias, em meio a panelas e uma motocicleta, sem qualquer acesso à iluminação ou ventilação.

Em depoimento aos agentes, os trabalhadores afirmaram que essa não seria a primeira vez em que eram submetidos a condições degradantes nesse tipo de transporte. Um homem se apresentou como o responsável pelo grupo e disse que atuava na região Norte com a venda de panelas fabricadas no Ceará. O veículo partiu de Altamira em direção ao município cearense de Juazeiro do Norte, localizado a cerca de 1.838 km de distância.

Segundo a PRF, o motorista do caminhão e o carona foram levados para a delegacia da Polícia Federal em Altamira, onde devem ser autuados pelo artigo 149 do Código Penal, que caracteriza o crime de submeter trabalhadores a condições degradantes ou à condição análoga à de escravo, com pena prevista de dois a oito anos de reclusão e multa.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.