destaque-366024-img

Produtores rurais da região de Carajás, sudeste paraense, fecharam as duas pistas da BR-155 na altura do Km 53 da rodovia, neste sábado (23). O protesto é contra as ações de membros do Movimento Sem Terra (MST) em fazendas da região. Eles pedem por mais segurança e pelo direito à propriedade.

Os produtores de Marabá e de regiões próximas estão sendo vítimas de roubo de gado e de invasão nas propriedades rurais. Nos últimos meses, mais de cinco mil cabeças de gados foram roubadas.

Além das propriedades, alojamentos e centros de tecnologia e genética animal, estão sendo queimados e destruídos.

img4-23-04-2016-15-02-06

Os produtores exigem, ainda, o cumprimento de liminar de reintegração de posse da Fazenda Cedro, que foi ocupada pelo movimento há seis anos.

De 18 prisões preventivas pedidas recentemente pelo delegado da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá (Deca), somente duas foram autorizadas pelo juiz da Vara Criminal.

Viaturas da Policia Rodoviária Federal (PRF) acompanham a manifestação dos produtores, e, pediu que a via seja liberada por cerca de 10 minutos a cada meia hora.(Diário do Pará, com informações do blog do Otávio Araujo)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.