Reuniao na Suzano _ Arquivo Seagro

Com objetivo de debater formas de apoiar os produtores de eucalipto do Bico do Papagaio, no quesito comercialização, o secretário do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros, juntamente com uma equipe técnica, apresentaram terça-feira, 12, na sede da empresa Suzano Papel e Celulose, em Imperatriz-MA, um diagnóstico sobre a situação e localização do cultivo de eucalipto no Tocantins. O encontro faz parte das discussões para viabilizar a comercialização do eucalipto produzido no Tocantins.

De acordo com o secretário Clemente Barros, a equipe foi muito bem recebida e os representantes da empresa mostraram grande interesse em ampliar a compra do eucalipto produzido no Tocantins. “Tivemos uma conversa bastante promissora, os produtores da região do Bico do Papagaio num raio de 160 km, área localizada mais próxima à indústria, estão contemplados no programa de parceria e fomento da empresa e nossa intenção é que os produtores de regiões mais distantes, com florestas já implantadas possam também fornecer matéria prima para a Suzano, contando, ainda, com o aproveitamento da ferrovia Norte Sul”, afirmou.

Ainda de acordo com o secretário foi feito um convite para que a empresa Suzano participe da Feira de Tecnologia Agropecuária – Agrotins 2015, onde na ocasião acontecerá outra reunião, com presença também de representantes da Ferrovia Norte Sul e outras instituições públicas, no sentido de viabilizar a comercialização do eucalipto cultivado em outras áreas do estado.

Da Seagro, além do secretário, Clemente Barros participaram do encontro o diretor de Políticas para Agricultura e Agronegócio, José Américo Rocha Vasconcelos, o gerente de Agroenergia e Florestas, Carlos Manuel Carvalho Carreira e o engenheiro florestal, Fernando Dorta. Da Suzano, o gerente de Relações Institucionais e Certificações da Indústria, Mauro Rangel e o gerente executivo de operações florestais, Luiz Carlos Cabral, entre outros representantes da indústria.

Dados: O Tocantins conta atualmente com cerca de 160 mil hectares de eucalipto, sendo que boa parte deste plantio se encontra em fase de corte e sem perspectiva de destinação comercial.

Empresa Suzano Papel e Celulose: Opera no segmento de celulose de eucalipto há 92 anos e comercializa com diversos países. A empresa mantém sede administrativa em São Paulo (SP) e cinco unidades industriais – três no Estado de São Paulo (Limeira e duas em Suzano), uma na Bahia (Mucuri) e uma no Maranhão (Imperatriz). No exterior, mantém escritório comercial na China e subsidiárias nos Estados Unidos, Suíça, Inglaterra e Argentina.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.