O curso de Licenciatura em Ciências Sociais realiza nesta quinta-feira, 28, às 16h, a primeira edição do projeto “Sociais de Quinta”. O evento é mensal e acontece sempre às últimas quintas-feiras de cada mês.  Em cada edição, um professor do curso de Ciências Sociais é convidado a dar uma palestra sobre alguma temática relacionada aos seus projetos de pesquisa.

Nesta primeira edição, o professor Rafael Noleto vai falar sobre “Comunidades Sexualizadas: articulando gênero, raça e sexualidade na construção de nações”. O tema é baseado em um de seus mais recentes artigos no qual aborda a construção de imaginários nacionais com base em discursos nacionalistas pautados em marcadores sociais da diferença, tais como gênero e raça.

Noleto dialoga com uma densa bibliografia de antropologia eminista para demonstrar como, além de raça e de gênero, os imaginários nacionais são também construídos em torno da sexualidade.

O artigo de sua autoria está publicado no livro “Raça, etnicidade, sexualidade e gênero em perspectiva comparada”, organizado pelos professores Cristina Donza Cancela, Laura Moutinho e Julio Simões. A obra contém resultados de pesquisas desenvolvidas por estudantes e professores da USP e da UFPA. A palestra marca um momento de divulgação da obra na UFT.

Saiba mais

A intenção do “Sociais de Quinta” é divulgar a produção acadêmica dos docentes, aproximando os estudantes de diferentes abordagens e temáticas de pesquisa pertinentes às três grandes áreas das Ciências Sociais: Antropologia, Ciência Política e Sociologia.

Outro objetivo do evento é proporcionar aos discentes um aprofundamento teórico acerca de autores e correntes de pensamento relevantes para as Ciências Sociais, permitindo que os estudantes façam conexões entre o conhecimento produzido nas disciplinas ministradas em sala de aula e os debates suscitados.

O evento é uma iniciativa de todo o colegiado do curso de Ciências Sociais, visando fortalecer e dar visibilidade a estas áreas do conhecimento dentro do Campus de Tocantinópolis e na UFT como um todo. (Virgínia Magrin)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.