Um homem suspeito de aplicar golpes no comércio de Imperatriz foi preso pela Polícia Militar (PM) após denúncias.

Antonio da Silva Melo é suspeito de aplicar vários golpes no comércio local e, ainda, de tentar vender terrenos localizados na avenida JK, que não pertencem a ele.

De acordo com o delegado que apura o caso, Gustavo Tavares, no momento da prisão o homem apresentou à polícia documentos com o nome de Antonio da Silva Duarte, mas de acordo com a PM os documentos são falsos. O verdadeiro nome do golpista é Antonio da Silva Duarte.

O delegado informou, ainda, que Antonio da Silva Duarte se apresentava como pastor em Imperatriz e, contra ele, há também um mandado de prisão da Justiça do Tocantins, por estelionato praticado em Tocantinópolis. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.