20150511114835

Os servidores administrativos da Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins (SEFAZ) da Regional de Araguatins aderiram à paralisação geral da categoria. A mobilização teve início nesta segunda-feira, dia 11 e pode durar até 29 dias.

A regional de Araguatins atende contribuintes dos municípios de Araguatins, Augustinópolis, Axixá, Sítio Novo, São Miguel, Buriti, Esperantina, São Sebastião, Itaguatins, Carrasco Bonito, Sampaio, Praia Norte e São Bento.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Administrativos da Fazenda (SINDAF), a pauta de reivindicações inclui a reedição da Medida Provisória que criou a Lei Estadual Nº 2.890, que regulamenta o quadro de servidores administrativos do órgão, além da alteração nos cálculos de produtividade, defasados e desatualizados.

Representantes do SINDAF e Governo já se reuniram em algumas oportunidades para tratar especificamente da pauta de reivindicações, mas como não houve evolução significativa nas negociações, o movimento foi deflagrado.

Com o movimento, serviços tais como: emissão de notas fiscais, emissão de guias do IPVA, parcelamento dos débitos de IPVA e ICMS, entre outros, estão suspensos por tempo indeterminado, pelo menos nas agências locais e sede da Regional de Araguatins.

A categoria solicita a compreensão dos contribuintes e orienta que utilizem o 0800 da SEFAZ para dúvidas e reclamações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.