Em resposta as cobranças do prefeito de Araguatins, Lindomar Madalena (PSB), que pediu para o ex-prefeito e atual deputado estadual, Rocha Miranda (PMDB), apresentar os endereços das 953 casas anunciadas como construídas e entregues, o parlamentar foi duro e afirmou que o atual prefeito cobra propina de construtoras.

Rocha Miranda disse em entrevista, que deixou recursos garantidos e empenhados no orçamento, para a execução das obras de construção das casas, mas que Lindomar teria exigido das construtoras uma propina de R$ 3 mil, por casa construída. “Não adianta espernear ou chorar, ele sabe que eu deixei o recurso. O problema disso tudo é que ele montou um esquema dentro do Palácio Araguaia, para cobrar das empreiteiras R$ 3 mil de propina, por cada casa construída. Com esse pedágio nenhuma empresa aceita pegar a obra, porque o dinheiro não dá para fazer”, afirmou o prefeito.

O deputado também acusou a Prefeitura Municipal de cobrar 15% de comissão das empresas para a execução de qualquer obras na cidade.

“O problema dele é inércia e corrupção. Ele disse que foi secretário e não viu o volume de obras que eu fiz. Ele não viu porque é preguiçoso e não andou no município. Basta ele ir na região do Barreiro, do Santa Cruz, Marcos Freire e outras que ele verá todas as pontes. Quanto ao asfalto, basta ele medir” disse Miranda que continuou, “Ao invés de procurar culpados para o fracasso, ele deveria se preocupar com o sistema de capitação e abastecimento de água da cidade. O sistema vai entrar em colapso nos próximos anos e ele não toma atitude. Para resolver isso eu deixei empenhado R$ 5 milhões, mas até agora ele não conseguiu liberar um centavo”, garantiu o deputado.

Rocha Miranda disse ainda que na opinião dele, Lindomar envergonha Araguatins. “O prefeito envergonha a cidade. Nos meus primeiro seis meses como prefeito, eu inaugurei 16 mil metros quadrados de asfalto. Ele em três anos nunca fez um metro”, finalizou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.