Sem título

Na noite desta quarta-feira, 13, começam as comemorações do 33ª aniversário de emancipação de Augustinópolis, terceira maior cidade do Bico do Papagaio com 15.950 habitantes.

Para a comemoração, a Prefeitura Municipal contratou o cantor Israel Novaes, para animar a grande festa só termina na quinta-feira, 14, dia instituído como data da comemoração. O show será na Praça Ari Valadão.

A história da cidade

Em 1954, chegaram ao Bico do Papagaio, Augusto Pereira Costa e sua família, procedentes do estado do Maranhão, em busca de trabalho, nas lidas agropecuárias. Fixaram-se temporariamente em Axixá do Tocantins.

Decorrido os quatro anos de dura luta, aconteceu que, em 1959, Augusto Pereira Costa, com seu espírito aventureiro saiu para caçar com mais quatro companheiros. Em meio da mata depararam com um olho dágua. Encantados com o local, ali permaneceram por vários dias e logo levaram seus familiares. Nas proximidades desse olho dágua, construíram suas moradias de pau-a-pique, cobertas de palha de babaçu.

Eram terras devolutas do então Estado de Goiás. Sendo aquela região rica em caça, tornou-se conhecida e comumente chamada pelos caçadores que lá se dirigiam, de Centro do Augusto. Os novos moradores que por ali apareceram, eram auxiliados por: Augusto Pereira Costa, para conseguirem terras aptas ao cultivo, atividade à qual dedicaram seus maiores esforços. Mais tarde, com a chegada de fazendeiros procedentes de outras regiões, a atividade agropecuária cresceu em importância sendo à base da economia local. O crescimento da economia do nascente povoado criou a necessidade de abrir uma estrada ligando o patrimônio ao povoado de Sampaio, não muito distante, para escoar as colheitas e possibilitar os intercâmbios comerciais e a integração com os outros povoados da região.

Em 1968, o povoado contava com 35 ranchos de palha, aproximadamente. A primeira casa de telha foi construída por Arthur Coreolando de Oliveira, procedente do estado do Maranhão com sua família, foi o primeiro comerciante, no ramo de secos e molhados.

Em 1971, foi construída a primeira escola, um rancho de palha, tendo como primeiro professor Manoel Marinho de Souza, que anteriormente residia no povoado de Sampaio, exercendo ali a mesma função.

Em 1972, Manoel Marinho de Souza Brito, foi eleito por São Sebastião do Tocantins, vereador. Em 1974, solicitou a Câmara Municipal, a elevação a distrito do povoado Centro do Augusto, o que se verificou pela Lei n º 8.107, em 14 de maio de 1976, passando a denominar de Augustinópolis, um composto de Augusto (fundador) com Tocantinópolis, cidade natal do então vereador autor do projeto.

Augustinópolis, foi crescendo rapidamente. Em 11 de maio de 1982, pela Lei n º 9.180, foi criado o município de Augustinópolis com o topônimo do distrito desmembrando-se do município de São Sebastião do Tocantins. O primeiro prefeito eleito foi Manoel Marinho de Souza.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.