Segundo a polícia, esta é a terceira vez que a escola de Educação Infantil e Fundamental, Dom Pedro II, no bairro Bacuri, em Imperatriz, foi assaltada em menos de trinta dias. Os assaltos têm características parecidas, os criminosos invadem a escola e rendem professores e alunos. Fazem arrastão de sala em sala roubando objetos ou dinheiro.

Franquinaldo Gonçalves, pai de um aluno da escola, conta que o filho de apenas nove anos chegou assustado em casa. “Ele chegou assustado por causa da situação que aconteceu e a gente fica preocupado com a segurança pública que não está acontecendo nas escolas”, desabafou o pai.

A reclamação da falta de segurança no bairro é constante. O auxiliar de serviços gerais, César Augusto da Silva, que trabalha em um lava-jato em frente à escola conta que sente medo. “O condomínio reclama, os vizinhos reclamam porque é muito assalto que tem aqui”, disse.

A coordenadora pedagógica da escola, Cintia Mourão, confirma que não há segurança no local e por isso todos ficam à mercê da ação dos bandidos. “Nós entramos em contato com a Secretaria da Educação que pediram para a gente enviar os BOs com um ofício solicitando segurança”, disse Mourão.

A polícia já identificou um suspeito de ter praticado um dos assaltos, mas até o momento ninguém foi preso.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.