vacinacaohor1305

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, participou da vacinação de índios na Aldeia São José, em Montes Altos, nesta quarta-feira (13). A ação faz parte da mobilização do Mês de Vacinação dos Povos Indígenas (MVPI). Durante o evento, também, foi inaugurada a Unidade Básica de Saúde na aldeia.

No Maranhão, a expectativa é vacinar 4.909 índios do distrito sanitário especial do Estado. Até o dia 25 de maio, aproximadamente, 131 mil indígenas aldeados, que vivem em áreas de difícil acesso, dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) do país, deverão ser vacinados.

Durante o discurso, Arthur Chioro destacou a importância das vacinas no combate as como a poliomielite, hepatites e a rubéola. “Durante muito tempo homens, mulheres e crianças morreram muito cedo porque não tinham disponíveis a vacina para proteger a nossa vida, respeitando sempre as práticas de tratamento de cada cultura, de cada povo”, disse.

A meta é intensificar a vacinação da população mais vulnerável, como crianças de até quatro anos, mulheres em idade fértil e idosos, que vivem nas áreas indígenas, onde há baixa cobertura vacinal. Serão oferecidas, em todo país, 183.820 doses de vacinas contra várias doenças, como as hepatites A e B, rubéola, coqueluche, sarampo, caxumba, difteria, tétano, poliomielite, febre amarela, tuberculose, influenza, pneumonia, meningite, dentre outras.

Mais de R$ 3 milhões estão sendo investidos na logística, transporte e aquisição de insumos para a campanha deste ano. Um total de 2.867 profissionais está envolvido nesta ação, sendo que mais da metade, cerca de 1.500 trabalhadores, são agentes indígenas de saúde e de saneamento.

No ano passado, 153.566 doses de vacinas foram aplicadas em 125.904 indígenas de 1.040 aldeias. Além da vacinação, várias atividades paralelas foram realizadas durante a campanha, como avaliação nutricional, atendimento odontológico, testes rápidos de HIV, consultas de pré-natal e exames laboratoriais e clínicos, totalizando mais de 50 mil atendimentos. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.