Três homens foram presos depois que destruíram um posto de saúde em fase de construção na noite desse sábado, 2, em Açailândia.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os suspeitos alegaram que estavam cumprindo um mandado de reintegração de posse. Mas, na verdade, os documentos determinavam somente a paralisação da obra, não citando qualquer tipo de intervenção.

Um dos presos foi identificado como Stênio Willian Coelho, irmão de um vereador da cidade. A polícia afirma que ele admitiu ter alugado um trator para fazer a derrubada da construção, financiada pelo Governo Federal.

Os homens foram presos em flagrante pela PM e devem continuar detidos. Eles, também, devem responder por dano ao patrimônio público

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.